1 de junho de 2011

Mensagem









Em um discurso vazio de duas laudas, quando até mesmo escrever está começando a perder a graça, levar nas costas foi só um jeito de dizer tudo e não dizer nada correlação aos estudos, namoro, a vida... E toda essa parafernália blá, blé, blí e bosta de autoajuda, gente frustrada, fraca e covarde que tem medo, pusilanimidade e muiiiita ociosidade de enfrentar a vida. Se ninguém é de ferro, grande parte do ser emergi dessa fase pobre. Todo mundo é predador e presa em maior ou menor escala. Normal segurar os ânimos!

E se não há mais tempo, mesmo sem ser encanador, desencane daquelas baboseiras psicológicas. Pense e faça ou então não imagine nada! De acordo com os ensinamentos, encontre as sínteses mais complexas. Foi-se o homem das idéias. Agora são as ações que mandam rumo a Síntese de Todos os Traços, estágio após estágio.

Aconselhado por Ovídio Naso, o envolvimento é o mesmo que viver lá e cá! Mas nada sufocante e "imbecilóide" como a maioria sente, pois "Amor dividido é mais fácil de ser dominado". Semelhante a uma querida Pessoa, logo eu que na vida prática também sempre fui um debilóide, finalmente, após tantos e infindáveis anos, estou começando a dar os primeiros passos no caminho da sabedoria comerciaria.

No trabalho, trabalho não seria trabalho se não houvessem percalços. Mas, só que agora, olhando bem e com mais calma - a calma que nunca tive - percebo ao fundo, junto de "dificuldades", oportunidades enraizadas, pois esta merda é assim mesmo! Sem conserto e ao mesmo tempo, inquebrável. E mesmo depois de um dia extremamente feliz de realizações pessoais e profissionais na companhia diária das pessoas mais agradáveis, não existe uma noite em que eu vá me deitar sem que antes de fechar os olhos eu não deseje nunca mais abri-los num descanso provisório. Por que será?

p.s: Eu sou assim mesmo. Nem sempre respondo, mas um dia eu respondo sempre! 

Ricardo Magno

2 Comentários:

Juh Salomé de Beauvoir disse...

Adoro esse teu lado, pseudo-indiferente!!! hahaha.
"You're the only one who really knew me at all..."
(e vice e versa...?!) Je t'aime, mon amour! ;)

Ricardo Magno disse...

That's right, super woman! bjs!